Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Boulder - força do pensamento ou destino?

Em novembro de 2010, assisti a um Globo Repórter sobre Boulder, uma cidadezinha do estado do Colorado, nos Estados Unidos, reconhecida como a mais saudável e feliz do país.

Boulder e as montanhas rochosas ao fundo
Na matéria, o repórter Flávio Fachel falava da qualidade de vida, da longevidade dos moradores e enfatizava o fato de que, lá, todo mundo era magro, só comia verduras, legumes e frutas. Nada de muitas calorias, nada de guloseimas! E todos pedalavam para o trabalho, faziam trilhas e sempre terminavam o dia caminhando ao pé das Montanhas Rochosas, que emolduram o horizonte da cidade. E o melhor: todos eram felizes! Segundo o repórter, lá, as pessoas não convidam os amigos para um jantar, um almoço. O convite é, sempre, para uma caminhada, para correr, pedalar ou esquiar, nas estações de Vail e Aspen, que ficam muito perto. 

ciclovias de Boulder
Confesso que eu, particularmente, não ficaria muito feliz só comendo folha e outras coisas "muito saudáveis". Tudo demais é veneno, já dizia a minha avó - até as coisas saudáveis. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. E acho que ela estava certa. Que mal faz um bombom? Minha vida seria muito sem graça sem um chocolate ou uma sobremesa dessas que a minha amiga Elisângela Nascimento posta na sua página do Facebook. Mas, o programa foi tão bom que me deu vontade de conhecer a cidade. Lembro de que essa vontade foi crescendo a cada bloco e, quando o programa terminou, eu estava convencida e decidida a ir até lá. E falei para o vento, com força e bem explicado: eu vou a Boulder!

O tempo passou e, no início de 2011, minha enteada começou a falar em ir para Nova Iorque, fazer um estágio na ONU, que seria objeto do seu trabalho de conclusão do curso de Jornalismo. E eu, claro, me ofereci para ir com ela – passaria uma semana por lá e, depois, passaria por Denver, para ver meus dois queridos amigos Max e Denise, e a linda Erica, que ainda não tinha 1 ano. E assim fiz. Em maio, depois de 5 dias em NY com Bruna, embarquei para Denver.

meus amigos Erica, Denise e Max
Depois de tanto tempo sem vê-los, estava ansiosa para estar com eles. Max e Denise haviam se mudado de Brasília para Denver há uns 4 anos, já tinham comprado uma casa linda, enorme, e já tinham uma filha! Sim, e dois gatos, não posso esquecer! Eu queria muito conversar, por o papo em dia e, principalmente, conhecer Erica. Esses eram os motivos da minha viagem até lá. Mas, claro, eles me levaram para conhecer a cidade e para o final de semana, uma programação especial: um passeio até... Boulder!!! Ê destino...Ê força do pensamento...! Boulder fica a uns 40 km de Denver, em menos de uma hora, chega-se lá. Max e Denise são apaixonados pela cidade e queriam me mostrar o lugar aonde eles vão morar quando se aposentarem.
                                           
Denver - centro da cidade
Civic Center Cultural Complex


cidade tranquila


trânsito civilizado
obras de arte de artistas contemporâneos
No sábado, acordamos cedo e pegamos a - linda - estrada para Boulder. Quase chegando, paramos numa galeria que vendia produtos de artesanato e decoração. Eram umas cinco lojas lindas, coloridas, dessas que a gente consegue passar horas perambulando, observando. Comprei um gato de louça, colorido, que eu espero, ainda esteja inteiro na minha bagagem. Lá pelas 11 horas, estávamos em meio à linda feira de orgânicos da cidade. Grande, com tudo que se possa imaginar. No horizonte, as majestosas Montanhas Rochosas. 


as ruas de Boulder
a população aproveita bem as áreas verdes da cidade
uma das muitas ruas floridas de Boulder
Essa onda verde e natural começou em Boulder, em 1960, com os hippies. Eles chegaram lá em busca de uma vida tranquila e saudável e, para sobreviver, montaram um pequeno negócio: uma fábrica de chá - mais natural impossível! E o negócio prosperou, cresceu, ganhou o mundo. Hoje, todos conhecem o Celestial Seasonings, que chega a ser um ponto turístico na cidade. É possível visitar a fábrica e o museu, com fotos da época, documentos e utensílios antigos. Mas, o apelo, mesmo, fica por conta da loja. Linda, delicada, colorida... tudo tão bonito que Erica não resistiu e puxou, de uma das prateleiras, um conjunto para chá, com desenhos de Beatrix Potter (a do filme "Miss Potter"). Muito bom gosto dessa menina, viu?! Em um segundo, xícaras, pires  e pratos se espatifaram no chão. Não sobrou nada.


o chá famoso
fábrica, museu e loja - tudo num só lugar
Depois da feira, da fábrica e percorrer a cidade, almoçamos num lindo restaurante. Como já tinha tido minha quota de natureza naquele dia, pedi carne. E no final, uma sobremesa, claro! 
Um ps: eu adorei Boulder, adorei o passeio. Vale a pena conhecer a cidade! Só não posso garantir a luxuosa companhia dos meus amigos Max, Denise e Erica, que conheciam tudo e foram perfeitos anfitriões.